17 de novembro de 2016

Perdão & Amor


O Perdão é o caminho.
O Amor é a solução.



Não agrade os ingratos, nem sirva aos folgados


Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, de servir gente folgada, de nutrir amizades duvidosas, para que possamos percorrer somente os encontros verdadeiros.

Passamos muito tempo fazendo a coisa certa para as pessoas erradas, sofrendo as consequências das péssimas escolhas pelo caminho, sofrendo à toa por coisas inúteis e gente sem conteúdo, alimentando vãs esperanças em relação ao que não tem a menor chance de vir a acontecer. Perdemos muito tempo investindo no vazio, esperando retorno do que não volta, aguardando sorrisos de quem nem nos olha direito. É preciso focar no que é real, pois, mesmo que não haja muito de verdadeiro nesses terrenos, esse pouco bastará.Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, às pessoas descontentes e incapazes de receber algo de fora. Existem indivíduos que se encontram por demais fechados ao acolhimento do que não se encontra dentro deles, do que não faz parte daquele mundinho em que eles se fecham, presos a crenças e sentimentos que não mudam, não são repensados, não saem do lugar. Tentar alcançá-los é inútil.
É necessário evitar a servidão aos folgados, aos aproveitadores, a quem não sai do lugar por si só, a quem foge a qualquer tipo de responsabilidade, pois sabe que alguém sempre fará por ele. Temos que ter clareza quanto ao que realmente devemos e poderemos tomar para nós, ou acumularemos cargas de bagagens que não são, nem de longe, relacionadas às nossas vidas. Muita gente precisa de ajuda, sim, mas muitos precisam é de vergonha na cara.

Não podemos nutrir amizades duvidosas, com pessoas que não expressam a menor necessidade de nós, como se tanto nossa presença quanto nossa ausência fossem a mesma coisa, algo sem importância, invisível, dispensável. Nem todos de quem gostamos irão gostar de nós, o retorno da estima e da afeição nunca é uma certeza, portanto, há necessidade de que adentremos exclusivamente os encontros verdadeiros.
Não é fácil nem tranquilo conseguirmos acertar quanto ao que poderemos regar com a certeza de retorno e reciprocidade, uma vez que as pessoas, os acontecimentos, a vida, tudo é imprevisível. Embora muito do que acontecerá em nossas vidas não possa ser controlado, mantermos sob controle nossas verdades e a certeza de que merecemos ser felizes nos tornará mais fortes diante dos tombos, sem que desistamos de nossos sonhos.

http://www.contioutra.com/de-hoje-em-diante-so-o-real-me-interessa/

21 de outubro de 2016

Gestão de carreira: a proximidade da aposentadoria







Existem 2 momentos cruciais na vida: o primeiro é quando nascemos. O segundo é quando descobrimos o motivo pelo qual viemos ao mundo e, a partir daí, enfrentamos o desafio de traçar contínuos objetivos e nos posicionar de modo convergente com quem somos e com o que, realmente, queremos até o fim de nossas empreitadas.

No plano de gestão de carreira, com a proximidade da aposentadoria, muitos profissionais sofrem um dilema: 
  1. Definir um norte e tomar a decisão de construir uma nova realidade 
  2. Viver reféns de um futuro indefinido, convivendo com um fluxo contínuo de preocupações diversas


Muitos registram esse momento como perda de uma condição alcançada e acabam padecendo de grande sofrimento e desgaste emocional.


Independente da configuração, aposentar-se é uma certeza em qualquer trajetória profissional. Se você deseja ter um final de carreira feliz, a melhor maneira de consegui-lo é preparar-se, com maturidade, para vivê-lo.



- Desde já defina qual a vida que você quer ter quando se aposentar. O seu futuro precisa ser desenhado com requinte de detalhes desde agora. Pessoas previdentes conseguem usufruir melhor quando o futuro.


- Não economize nos benefícios e alegrias que você espera ter quando da sua aposentadoria. 


- Cultive o hábito de poupar e defina o que gostaria de realizar, considerando o valor a ser gasto conforme a idade atual, renda pretendida e objetivos futuros. Disciplina é fundamental. 


- Prepare-se no contexto físico, emocional e financeiro, visualizando as mudanças através de perspectivas positivas.






11 de outubro de 2016

Semente x Colheita


Se você não está satisfeito com sua colheita, mude suas sementes.


Isso não é magia, nem religião e nem um conselho.
É simplesmente a lei da vida.


28 de setembro de 2016

Autossabotagem


As vezes somos a torcida do time adversário dentro de nós mesmos. Aquela vozinha chata e insistente que diz que não somos bons o bastante para fazer isso ou aquilo. 

Quem nunca respondeu com "tá sujo" quando alguém elogiou o seu cabelo, ou com "nem tanto" quando comentam que a dieta te deixou mais bonita. 

Saber aceitar e internalizar um elogio nem sempre é fácil. Tendemos a nos desmerecer de diversas formas. 

Continuamos repetindo para nós mesmos que aquela tarefa é muito difícil ou que não temos capacidade para aprender uma segunda língua. 

Saber de suas dificuldades é uma coisa. Desmerecer-se e deixar que elas te sufoquem é outra.

Demorei um tempão para aprender inglês e ainda estudo. Confesso, não tenho facilidade para aprender línguas. Só que isso não me impediu de aprender inglês e não vai me impedir de aprender italiano - me desejem sorte. 

Minha perseverança superará minha dificuldade. Tenho certeza. 

Que tal se, ao invés de termos uma nojentinha desmerecedora interna, criarmos uma amiga fofa-querida-do-bem, que repete em sua mente frases como "você consegue", "vai dar certo", "você é capaz", "tá linda", "um passo de cada vez e você chega lá!"

Claro que as amigas às vezes nos dizem verdades indigestas como "você não fez certo ali" ou "você não estudou como precisava." 

Mas sempre com uma dose de carinho e respeito. Um aviso amável. 

É assim que devemos ser com nós mesmos, nos tratando com incentivo e sobretudo um profundo respeito pelo que somos e podemos. 

Se não formos carinhosos conosco, quem será? 

Sejamos nossos melhores amigos. 
Sempre."


Por Vanessa Martinelli Levandowski

16 de setembro de 2016

O fusca velho


Era uma vez um homem muito simples e trabalhador que todos os dias, ao amanhecer, pegava o ônibus para ir até o seu trabalho e durante o percurso orava à Deus:

- Oh meu Pai, Deus Poderoso, me dê um carrinho para eu poder ir trabalhar. Um fusca velho já está de bom tamanho. Amém.

Todos os dias, com muita fé, ele pedia ao Senhor essa benção: um fusca velho.

Um belo dia, surgiu uma ótima oportunidade e por um preço super camarada e irreal o humilde homem comprou seu velho fusca.

Chegou em casa muito cansado e feliz, sentou-se na cadeira da varanda e ficou admirando seu velho fusca. De repente uma voz muito serena surgiu do seu mais profundo interior e disse:

- Meu filho, se você realmente soubesse quem Eu Sou, você jamais teria me pedido um velho fusca.


Pense grande. Sonhe Alto.





Sua vida é boa? eu aposto que sim...

Você teve dificuldades na vida?
Teve uma infância difícil?
Se decepcionou com as pessoas?
Foi rejeitada e magoada?
Quebrou a cara inúmeras vezes?
Chorou durante a madrugada?
Teve sonhos e projetos frustados?
Dormiu alguma noite com fome?
Passou aperto financeiro?
Perdeu entes queridos?
Foi traída?
Foi demitida?
Se sentiu injustiçada?
Sofreu bullying?


Se respondeu você sim para algumas ou para todas as perguntas acima fique sabendo que a vida é assim mesmo. E a vida é BOA para você.


Agora leia essas:

Você foi mutilada?
Foi espancada?
Viu algum familiar ser assassinado?
Sua casa foi bombardeada?
Dormiu na rua?
Comeu restos do lixo?
Foi violentada?
Algum familiar foi morto na guerra?
Já ficou na fila para conseguir uma garrafa de água ou um pacote de arroz?
Está com câncer em fase terminal?
Está na fila do transplante de órgãos?
Foi vendida como "atração sexual"?





Se você respondeu não para algumas ou para todas as perguntas acima fique sabendo que você é muitíssimo abençoada. Fique sabendo também que você reclama de barriga cheia, que é ingrata e que se é infeliz é porque quer.

Simples assim.


Dê valor as coisas boas.

Pare de reclamar e comece a agradecer.

















15 de setembro de 2016

Felicidade / Happiness



A felicidade chega quando você pára de reclamar dos problemas que tem e começa a agradecer pelos problemas que NÃO tem.

Desafio: Faça uma lista dos problemas que você não têm e se surpreenda com o tanto que você é um ser abençoado.



1 de setembro de 2016

Horóscopo Só Coisas Boas: Setembro



O mês de Setembro vai florescer as boas sementes, abrir maravilhosas portas, multiplicar as coisas boas, renovar as energias, alegrar corações e trazer boas surpresas.

Preparem-se
Acreditem
Agradeçam










29 de agosto de 2016

Os hábitos que nos tornam infelizes


Em algum momento, todos nós já nos queixamos da vida e de toda tristeza que sentimos. Mas reclamar não adianta; o importante é mudar os hábitos que nos tornam infelizes.


Ingratidão

Existem muitas coisas dais quais não gostamos, sonhos que não conseguimos realizar e experiências que deixaram um sabor amargo na boca. Não importa se você acredita que a sua vida é ruim ou se recebe muito menos do que merece, ser grato não significa estar conformado com o que temos, masagradecer as oportunidades recebidas e continuar buscando tudo o que desejamos.

Para deixar de ser tão infeliz, pare de reclamar daquilo que você não tem e dê valor as oportunidades recebidas. Lembre-se de que, neste momento, alguém está lutando para conseguir o que você já tem.

Pare de evitar as mudanças

A mudança é um aspecto natural da vida e a vivenciamos todos os dias. Ela nos permite melhorar e alcançar nossos objetivos. No entanto, o medo e o comodismo são fatores que podem evitar nosso crescimento. Qualquer situação boa ou ruim que vivemos hoje pode nos levar a um futuro melhor; basta permitir que a mudança aconteça.


Aprenda a viver no presente

Algumas pessoas passam a vida vivendo em outro tempo e lugar. Alguns se arrependem ou se lamentam do passado, pelas oportunidades perdidas ou pelas decisões tomadas. Outros vão mais longe e pensam no trabalho que desejam, imaginam as decisões que tomarão e se animam com que o futuro lhes trará. É importante planejar e traçar metas para o futuro, mas não podemos nos esquecer do presente.

Temos que aprender a viver aqui e agora. Não vale a pena pensar no que já foi e nem mesmo no que virá. As pessoas felizes sabem que devem aprender a viver no presente e tomar as decisões que as levarão para o futuro que desejam.


Pare de culpar os outros

Ninguém pode te fazer infeliz além de você mesmo. A grande maioria dos infelizes pratica o vitimismo e procura sempre um culpado pela própria infelicidade. Todo mundo passa por maus momentos na vida, mas temos que seguir em frente, batalhando e acreditando em dias melhores. Não procure culpados. Você é o responsável pela sua vida.


Cuidado com a autossabotagem

Ninguém pode nos derrubar de forma tão eficiente como nós mesmos. Nossa mente é a arma mais poderosa que temos, e quando a usamos indevidamente, é a mais destrutiva. Devemos prestar atenção aos nossos pensamentos e ao que dizemos a nós mesmos. As pessoas felizes são capazes de dominar a sua mente, de modo que os pensamentos negativos não têm espaço por muito tempo. Ouça a sua conversa interior e substitua os pensamentos negativos por positivos.


Aparentar o que não é

Um dos desafios mais difíceis da vida é reconhecer e aceitar quem realmente somos. Sempre haverá alguém mais alto, mais inteligente ou mais rico que nós, e contra isso não podemos fazer nada. O que nos torna únicos e especiais são as nossas características e individualidade.


Todos esses hábitos são baseados nas decisões que tomamos diariamente na nossa vida. 

É nossa responsabilidade ser feliz ou infeliz. 

Tome a decisão de ser feliz e siga em frente.